jusbrasil.com.br
31 de Março de 2020

Advogados de Referência: como atrair clientes sem virar blogueiro?

Thaiza Vitoria, Consultor Jurídico
Publicado por Thaiza Vitoria
há 3 meses

Esse artigo é fruto dos seus clamores! leia atentamente, porque existem 6 tipos de conteúdo que não podem faltar nas suas redes sociais, e que mostram a sua competência, sem ter que expor muito seus bastidores.

Eles são: inspirar, entreter, educar, engajar, autoridade e fechar contratos!

Vamos falar de cada um deles?

1. Inspirar: mostrar ao seu público que é possível, que conseguem, “dar um gás” na motivação deles. Para isso use momentos da sua rotina profissional, certificados, estudos na madrugada, viagens para cursos, capacitação em geral, até mesmo uma leitura de jornal;

2. Entreter: aqui o objetivo de divertir sua audiência e dar leveza a sua marca jurídica. Você pode usar um meme, uma brincadeira ou qualquer outro post leve, mas evite postar memes que falam mal de clientes, isso é um tiro no pé que muitos advogados praticam acreditando que estão “abafando”;

3. Educar: aqui é o seu conteúdo de valor posicionado. Hora de falar sobre a dor ou sonho do seu público, de ensinar algo, de ajudar as pessoas de forma prática, pode ser um check-list sobre documentos obrigatórios para obtenção de benefícios ou quem sabe uma cartilha sobre como contratar um advogado especialista;

4. Engajar: esses posts tem o objetivo de interagir com o seu público para criar relacionamento e melhorar o alcance do seu conteudo nas redes. Quanto mais as pessoas interagem mais os algoritmos entendem que o seu conteudo é humanizado, e mais te destacam, exemplo: crie uma enquete sobre curiosidades jurídicas na área de família;

5. Autoridade: agora é a hora de mostrar seus resultados e tudo que contribua para provar ao seu público que você entende do que está falando, mas cuidado! estude os limites da OAB para exposição não-mercantil de provas sociais e siga a linha educativa para manter-se em segurança;

6. Venda sem vender: 90% dos advogados NÃO FAZEM posts que indiquem serviços de maneira atrativa e segura. Você sabia que as vezes um post de aviso de funcionamento tem uma estratégia de venda mais eficaz do que aquelas mensagens sobre as áreas de atuação do escritório, com 50 subítens que nenhum cidadão entende? Pois é!

Você pública conteúdo com frequência? Sim ou Não? Me conta nos comentários! ⬇

18 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Recentemente, por muita pressão, já que não suporto rede social, fiz um instagram para meu escritório. Por curiosidade, fui olhar algumas contas. Sinceramente tem colega passando de todos os limites. Parecem mais blogueiros que advogados, sobretudo as mulheres. Cliente não quer saber do seu look do dia ou vinho que você tomou. Ele não está nem aí, ele quer é ver resultado, quer seu problema resolvido. continuar lendo

É um dos problemas das redes socias. Na minha opinião as pessoas deveriam ter uma rede particular e uma outra profissional. continuar lendo

Concordo plenamente com as duas opiniões, principalmente a questão de ter duas contas, uma pessoal e outra corporativa/profissional. continuar lendo

"Como atrair clientes sem virar blogueiro?"
Se seguirmos essas dicas nos tornaremos blogueiros. continuar lendo

De forma rápida; Eu acredito que o advento das Redes Sociais foi determinante para dar mais visibilidade para a classe, visto que atingem indistintos públicos e portanto deve ser explorada e sobretudo, valorizada de acordo com seu conteúdo. continuar lendo

A rede social é excelente ferramenta para engajamento. Mas deve ter limites e, claro, honestidade. Vejo profissionais passando imagens completamente distorcidas, com falsas promessas de enriquecimento e/ou exito processual.
Acho que faltou um tópico: - Falar a verdade! continuar lendo